Este serviço tem como missão a prestação de cuidados individualizados e personalizados ao domicílio, a pessoas ou famílias que, por motivo de doença, deficiência ou outro impedimento, não podem assegurar, temporária ou definitivamente, a satisfação das suas necessidades básicas e/ou as actividades da vida diária.

Objetivos Gerais

São objetivos gerais do Serviço de Apoio Domiciliário os seguintes:

a)     Contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e suas famílias;

b)    Contribuir para retardar e ou evitar a institucionalização.

c)     Intervir em situações de dependência, prevenindo a sua evolução e promover a autonomia;

 

Objectivos Específicos

O Serviço de Apoio Domiciliário presta serviços e desenvolve atividades visando especialmente:

a) Assegurar às pessoas a satisfação das necessidades básicas e/ou atividades da vida diária, através de um conjunto de serviços personalizados e geridos de acordo com as necessidades e potencialidades de cada pessoa;

b) Prestar cuidados de ordem física e apoio psicossocial aos clientes e suas famílias, de modo a contribuir para o seu equilíbrio e bem-estar geral;

c) Colaborar na no acesso à prestação de cuidados de saúde, através da efetivação de parcerias com os centros de saúde e de enfermagem locais;

d) Promover manutenção das capacidades ainda existentes de modo a retardar ou evitar novas dependências.

Destinatários ou População Alvo

O nosso serviço destina-se a todos aqueles que, pelo seu estado de saúde ou situação de dependência, necessitam de atenção e cuidado especial para poderem permanecer no seu domicílio.

 

Condições de Admissão

São condições de admissão neste serviço:

1)     Residência numa das freguesias de abrangência do serviço de apoio domiciliário: Parede, Carcavelos e S. Domingos de Rana;

2)     Incapacidade própria, permanente ou temporária, para assegurar a satisfação das necessidades básicas e/ou a realização das atividades da vida diária;

3)     Ausência de estruturas de apoio familiar e/ou afins ou graves desajustamentos das mesmas;

4)     Ausência de doença infecto-contagioso ou mental grave que ponha em causa a segurança dos funcionários do serviço;

5)     Manifesta vontade em beneficiar do serviço.

 

Critérios de Priorização

Sempre que a capacidade de resposta do Serviço de Apoio Domiciliário não permita a integração de todos os candidatos, a admissão far-se-á de acordo com os seguintes critérios:

1)     Ser beneficiário do programa de apoio alimentar;

2)     Gravidade de incapacidade para fazer face às necessidades básicas e atividades da vida diária;

3)     Gravidade da situação de isolamento social ou desajustamento familiar;

4)     Gravidade da situação de carência económica;

5)     Incapacidade ou impossibilidade da família assegurar a prestação dos cuidados necessários;

6)     Alta hospitalar com indicação de necessidade de cuidados continuados.

 

Serviços a Prestar

O Serviço de Apoio Domiciliário assegura a prestação dos seguintes serviços:

1)     Entrega de refeições

2)     Cuidados pessoais de higiene, conforto e imagem

3)     Arrumação e pequenas higienes da habitação

4)     Tratamento de roupas

5)     Acompanhamento ao exterior

6)     Assistência na toma da medicação

 

Cálculo do Rendimento Per Capita

Para efeito de admissão, o cliente, familiar ou representante legal deverá candidatar-se através do preenchimento de uma ficha de inscrição. Os clientes apoiados por este serviço beneficiam de acompanhamento permanente de um Assistente Social que, após a análise e admissão, informa o candidato ou pessoa responsável das condições do serviço e o montante a pagar pelo pacote de serviços contratualizado. Este será calculado com base nos rendimentos e despesas do agregado familiar.

De acordo com a legislação em vigor, o conjunto dos serviços não deverá ultrapassará o máximo de 60% do rendimento per capita familiar.

Reduções serão de 20%, no caso de mais do que um elemento do agregado familiar beneficiar dos serviços.

As situações de comprovada carência económica serão analisadas pela direção técnica e pelo conselho de administração para isenção do pagamento da mensalidade.

É fixado um limite máximo às despesas mensais fixas, correspondentes ao valor da remuneração mínima mensal garantida definida em cada ano.

No serviço de higiene pessoal, após aplicar a percentagem de 25% ao rendimento per capita, será calculado o valor diário. O montante mensal a pagar pelo cliente será correspondente ao número total dos serviços recebidos no mês, multiplicado pelo valor diário.

 

Quando funciona este serviço?

O serviço de apoio domiciliário funciona de 2ª a 6ª feira, entre as 08h30m e as 17h00m, durante todo o ano. O serviço de distribuição de refeições funciona de Segunda-Feira a Domingo, todos os dias do ano.