presep 7

Teve lugar, no Auditório Comendador Rui Nabeiro, a entrega de prémios do 2.º Concurso de Presépios da Fundação “O Século”.

A cerimónia, que foi bastante participada, começou da melhor forma, com os escritor José Fanha a deliciar a plateia ao contar uma história infantil alusiva ao Natal.

Depois, foi a vez do Presidente da Fundação “O Século se dirigir à plateia, para agradecer, em primeiro lugar, a presença e a participação de todos, elogiando a qualidade da mais de uma centena de presépios que se apresentaram a concurso.

Depois, Emanuel Martins, disse, ainda, esperar que no próximo ano a participação seja ainda maior, de forma de ajudar a preservar a tradição da construção dos presépios de Natal, que é bastante acarinhada pela Fundação “O Século”.

Seguiu-se a entrega de prémios aos vencedores e depois uma visita à exposição, onde foi possível ver todos os presépios que participaram neste concurso.

Recordamos aqui os vencedores de cada uma das categorias:

Na categoria A, os seguintes prémios:

1º Prémio – Associação Escola Nova Apostólica
2º Prémio – Instituto Filhas da Caridade Canossianas Missionárias
3º Prémio – Núcleo de Instrução e Beneficência de Paço de Arcos

Na categoria B:

1º Prémio – Salesianos do Estoril
2º Prémio – Manuel Pinto – Salesianos de Lisboa
3º Prémio – ex aequo Rita Gaspar e Margarida Brandão – Salesianos de Lisboa

A Fundação “O Século” agradece a participação de todas as crianças, encarregados de educação, professores e instituições que se envolveram desde a primeira hora nesta iniciativa.

Muito obrigado a todos!

 

http://oseculo.pt/fos/wp-content/uploads/2016/02/presep-7.jpghttp://oseculo.pt/fos/wp-content/uploads/2016/02/presep-7-150x150.jpgGabinete de ComunicaçãoDivulgação Cultural  Teve lugar, no Auditório Comendador Rui Nabeiro, a entrega de prémios do 2.º Concurso de Presépios da Fundação 'O Século'. A cerimónia, que foi bastante participada, começou da melhor forma, com os escritor José Fanha a deliciar a plateia ao contar uma história infantil alusiva ao Natal. Depois, foi a vez...Uma Fábrica de Amor